Antes de partires...


deixa-te em mim,
porque anseio o teu regresso,
mesmo antes da tua partida...
doi-me a despedida,
minha alma fica ferida,
chorando este amor inconfesso...

*** Ártemis ***

Se ainda houver tempo...

deixa-te ficar em mim mais um pouco,
ainda é cedo para o adeus,
e demasiado tarde para quebrarmos a promessa dos corpos...

*** Ártemis ***

Entra...


és convidado da minha pele,
hospede do meu desejo...
quero desafiar-te o olhar,
engolir os teus pensamentos mais desvairados...
vais querer tocar-me...
vais querer sentir-me...
mas hoje só me entrego ao teu olhar,
quero despir-te esses olhos,
aguar-te a  boca,
entesar-te o sexo,
descontrolar-te a respiração,
suar-te a pele,
manipular-te os sentidos,



escuta...


Hoje serás refém da minha imagem....

*** Ártemis ***